sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Marido viaja e... TUDO ACONTECE!


Meus amigos, foram tantos os acontecimentos desde que Gill embarcou na sua última viagem a trabalho (e ele só volta domingo!) que estou compartilhando minha tese com vocês: basta o homem da casa viajar que tudo começa a desandar!!!
É verdade que eu tenho aquele ar auto suficiente, independente, mulher moderna que já nasceu sabendo se virar. Pois bem, isso tudo é verdade. Mas quando se vive em dupla, a gente se acostuma com a parceria, cumplicidade, a dividir os risos e também o stress...
Mas deixa eu explicar do começo...
Na quinta-feira quando Gill viajou, a Embasa resolveu fazer uma greve básica e faltou água aqui no condomínio quase 3 dias seguidos. Foi um stress só, cheguei a repensar se ia deixar minha mãe vir ficar comigo como ela havia planejado, mas a água voltou e então no sábado lá fui eu a Salvador, trazer ela e Ash para cá.
Tudo certo, programado, até que... quando cheguei do trabalho, na terça-feira, diarista em casa a todo vapor, geladeira descongelada para lavar... Cadê a água?! Novamente a Embasa me prega uma peça e faltou água até umas 23h...
Ok, vamos pra frente que a semana estava apenas começando.
Quarta-feira fui ao supermercado, comprei água mineral, ração e... descobri o quanto é penoso carregar aquele garrafão do carro à cozinha e do chão até o bebedouro. Depois, o mesmo processo para a ração... E eu estava exausta!
Tinha planejado tomar um vinho tinto com minha mãe, mas a sacola do mercado partiu e a garrafa quebrou em mil pedaços no meio da cozinha. Não, eu não estou inventando isso e tenho testemunhas.
No dia seguinte, cheguei em casa disposta a relaxar, dormir cedo, esquentar a lasanha para minha mãe e eu, tomar meu suquinho de maracujá e desmaiar... Teria sido lindo, mas isso não estava nos planos da Coelba. Sério! Faltou energia elétrica no exato momento em que me deitei para dormir. E não voltou até 04:30h! Ou seja, somente dormi profunda e confortavelmente (com o ar condicionado ligado) por pouco mais de uma hora, antes de sair para mais um dia de trabalho.
Ah, eu mencionei que no dia anterior comi um peixe no almoço que me fez muuuuito mal? E que a torneira do lavabo não pára de pingar? Pois é.
Sexta-feira, apesar da noite mal dormida, do cansaço, de tudo... comecei o dia animada. Afinal, a volta de Gill já estava próxima e eu ADORO sextas-feiras... Até receber um telefonema da diarista, avisando que arranjou um emprego e que somente concluiria as diárias deste mês, que praticamente acaba semana que vem.
E lá vou eu, ligar para as amigas, providenciar uma solução para MAIS ESTE problema!
Saí do trabalho mais cedo e quando cheguei em casa ouvi de minha mãe que a energia elétrica foi embora novamente, ela ficou praticamente a manhã inteira fazendo palavras cruzadas. Tadinha, que acampamento furado fui arranjar para ela esta semana!
Gente, era isso, desabafei! Agora já avisei a Gill que ele só viaja depois de planejar com meses o estoque de ração, água mineral, revisar a parte elétrica, hidráulica e etc!!!
Ah, eu disse que metade das lâmpadas da casa queimaram, depois do apagão?!
Volta logo, meu amor!!!

7 comentários:

O Menino que Voa disse...

POis é amiga. Eu entendo voce e, como estamos no SKYPE, vc já sabe que basta marido viajar mesmo pra ocorrer tudo que não ocorre normalmente. UAHHUAHUAHUA! To rindo, mas é trágico!

Letícia disse...

Que barra!!! Mas não posso concordar pois no meu caso era o oposto. hahahahaha

Anônimo disse...

kkkk...Amiga, por isso que eu ainda moro com meus pais!!! rs rs
Furada ficar sozinha! Pior é ter que trocar resistência de chuveiro eletrico! :)
Espero que isso não tenha queimado com o apagão!kkk
Tenho uma sugestão que resolverá todos os seus problemas....
VOLTA PRA MINHA COMARCA!!!!
Sinto muito sua falta!!
Bjooooooooooooooooo

Mariluse Bacelar disse...

Pois é e eu estava lá nessa barca furada...Que sufoco...Fica dificil dizer o que foi pior, mas a falta de energia(um calor de matar)e a garrafa de vinho espatifada em mil caquinhos no meio da cozinha...Meu DEUS, que horror!!!Parecia sangue, aquele vinho chileno...E se estivesse faltando água naquela hora?????
Ainda bem que o vodu do QUIN foi por partes...KKKK

Bella disse...

Ahahahahaha....
Prima, sei bem o que é isso....hahahaha...
Lá em casa tb vivemos em luta contra a Coelba e a Embasa.
É por isso que quando o Cassiano viaja, vou para Salvador.
Não fico em casa sozinha neeeem por decreto...hahahaha...
Mas não vou te mentir...vc com sua narrativa, me rendeu boas gargalhadas, apesar de ter sido trágico.
Bjks, Bella.

Letícia Bacelar disse...

Valeu pela força, pessoal! Carol: não volto pro trânsito de Salvador dijeininhum! Mãe: já combinamos que o próximo acampamento será no SEU ap! rsrsrs

Anônimo disse...

Afff.... Leti... Foi vodu mesmo rs rs rs... estou em crise de risos com toda a sua saga!!!

O pior é que eu bem sei que basta o marido viajar para tudo desandar.

bjs.
Bilú